Empregada doméstica precisa fazer exame admissional? Empregada doméstica precisa fazer exame admissional?

O exame admissional é obrigatório para o trabalhador doméstico?

3 minutos para ler

O exame admissional na contratação de trabalhadores domésticos não é uma obrigação legal. Apesar de previsto em lei, a realização do procedimento é opcional, ficando a cargo do próprio empregador solicitá-lo ou não. Saiba mais.

O que é exame admissional?

Exame médico admissional ou ocupacional baseia-se na consulta realizada pelo especialista em medicina do trabalho para determinar se uma pessoa está fisicamente apta para um determinado trabalho. O atestado admissional, por sua vez, é obrigatório pelo artigo 168 da CLT. Os exames de saúde dos funcionários também podem identificar condições pré-existentes que tornam um funcionário mais suscetível aos efeitos de substâncias perigosas ou outros perigos no trabalho.

O exame admissional é obrigatório para os trabalhadores domésticos?

Então, empregada doméstica precisa fazer exame admissional? Embora a lei faça a previsão, esse exame não é obrigatório no emprego doméstico, mas nada impede que o empregador inicie a relação de trabalho com exames médicos de admissão, validando assim o estado de saúde da sua funcionária e estabelecendo um ponto de partida para a sua saúde.

Com esse protocolo em vista é mais fácil saber quais os serviços e tarefas que a sua colaboradora pode realizar ou se tem limitações para realizar alguma atividade durante o seu horário de trabalho. Ou seja, a decisão de solicitar o exame admissional é do empregador.

Livre-se da burocracia do esocial

Quais exames são realizados na admissão do trabalhador?

O exame admissional inclui anamnese clínica e ocupacional, tais como:

  • exames laboratoriais;
  • imagens diagnósticas;
  • eletrocardiograma;

Além do exame admissional, são permitidos outros exames?

Além do exame de admissão que consiste em um exame físico para verificar se funcionário contratado tem as condições necessárias para exercer as suas atividades, também são permitidos os exames periódicos. Os exames periódicos podem ser feitos a cada 6 [seis] meses para verificar se o estado de saúde da trabalhadora continua adequado para continuar com seu trabalho.

Exame após o retorno do auxílio doença da empregada

Embora a lei não exija, recomenda-se um exame no retorno do auxílio-doença da empregada doméstica, visto que após uma ausência prolongada por motivos de saúde, é seguro verificar as condições da trabalhadora antes que assuma novamente suas atividades.


Esse post foi útil? Se você ficou com alguma dúvida, compartilhe nos comentários ou cadastre no nosso site para falar com um dos nossos especialistas e ver como a SOS Empregador Doméstico pode ajudar você na admissão de sua empregada doméstica, babá, cuidadora ou qualquer outro profissional da categoria.

Avaliação
Posts relacionados

Deixe um comentário